Séries | The Outsider

Série baseada na obra de Stephen King, produzida pela HBO

As histórias de Stephen King, em geral, rendem bons momentos literários e, em alguns casos, podem render boas adaptações para o cinema ou TV, pessoalmente, me interesso bastante pelo produto, independente da mídia, quando este traz a participação direta ou indireta de Stephen King. E, com The Outsider (produção da HBO), não foi diferente, quando soube que a série havia sido inspirada em seu trabalho, já separei para assistir. Porém, confesso que não conheceria o livro, neste momento, se não fosse pela série. O contexto é um mistério e investigação em torno de um assassinato, apresentando fatos desconcertantes que vão, aos poucos, se revelando. Para quem gosta de uma boa história de mistério e suspense, ao estilo Stephen King, esta minissérie pode ser interessante.

Diferente da maioria dos trabalhos feitos e/ou associados ao autor, desta vez os eventos não ocorrem no Maine, mas sim em uma pequena cidade na zona rural da Geórgia, tudo tem início quando o corpo mutilado de uma criança de 11 anos é encontrado. O detetive Ralph Anderson (Ben Mendelsohn) começa a investigar e logo chega a Terry Maitland (interpretado por Jason Bateman), uma pessoa querida, conhecida e influente na comunidade. Tudo leva a crer que Terry é realmente o assassino, pois seu DNA e impressões digitais estão por toda parte na cena do crime, além de várias gravações em vídeo mostrando-o em situações atípicas e acusadoras momentos após, supostamente, ter cometido o crime.

Mesmo sob grande indignação, Terry é preso para a surpresa de uma plateia que o acompanhava em pleno jogo de baseball e de sua própria família. Mas, apesar de testemunhas oculares afirmarem que Terry cometeu o assassinato, de terem visto coberto de sangue, ele (Terry) insiste em dizer que é inocente e que tem um álibi poderoso e definitivo para comprovar, já que estava fora da cidade no mesmo dia e hora em que o assassinato ocorreu. Diante disso, o detetive se vê obrigado a reavaliar toda sua investigação até o momento, pois como poderia alguém estar em dois lugares ao mesmo tempo?

Ben Mendelsohn, que eu também não conhecia, interpreta o detetive Ralph Anderson, um cara depressivo, que passou por uma grande perda pessoal e que vai frequentemente ao psicólogo porém, determinado e meticuloso em seu trabalho e pé no chão para afirmar suas crenças no racional. Ralph conta com sua, sempre companheira, esposa, que cuida, apoia e levanta a moral quando precisa, porém Jeannie (Mare Winningham), compartilha com Ralph sua perda e convivência.

Outra personagem intrigante e importante é Holly Gibney (interpretada por Cynthia Erivo) na trama ela é uma investigadora particular muito peculiar e, por isso, é contratada para apoiar e ajudar as investigações, de uma forma que somente ela pode fazer. E é justamente ela que abala as convicções de Ralph sobre a lógica racional científica, quando apresenta uma teoria sobre o assassino, não considerada até o momento.

Além de interpretar o principal suspeito, Bateman também produziu o programa e dirigiu os dois primeiros episódios e a direção dele sugere que ele sabe o que faz e, aqui, mostra exatamente o que é pode assustar na região rural onde a trama se desenrola. O mundo de The Outsider é desolado, triste e cinzento. As tomadas foram feitas, principalmente, na Geórgia, as árvores nuas e as paisagens enlameadas assumem uma qualidade estranha e perturbadora. De uma maneira particular, quase podemos experimentar o que Ralph e o resto dos personagens sentem, estando perplexos com o crime e buscando encontrar uma explicação razoável.

Para aqueles que ainda estão decidindo se assistem ou não The Outsider, digo o seguinte: a trama é uma mistura cativante de horror natural e sobrenatural, que leva o espectador por um vale misterioso e, em alguns pontos, assustador, baseado na mente de Stephen King. Então se você é fã do autor ou do estilo, pode reservar um tempo para maratonar.

Flavio KROM

Flavio KROM tem 468 posts publicados.

Carioca de origem, Curitibano por opção. Curto HQs, Games, Board Games, Filmes, Séries, RPG, FPS, Pizza, Pastel, Sorvete e muito Rock (Metal Rock) e mais um monte de coisas. Quando dá tempo, escrevo por aqui também.

O que achou deste post?

Clique em uma estrela para classificá-la!

Classificação média 0 / 5. Contagem de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *